quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Hugging you...

“Não sei quanto tempo, o tempo nos deu,
Nem sei dizer porque é que ainda te trago em mim.
Sei apenas que é nas asas do Vento
Que te invento, que te amo e que te recordo.”

7 comentários:

naenorocha1@hotmail.com disse...

PAUTA

Eu queria fazer um poema
Assim, métrico,
Tenso, como um fio elétrico
Para que todas as manhãs
Os pássaros viessem pousar e cantar.
Eu queria fazer uma música
Na pauta tensa da rua,
Para todas as noites, a lua,
Tocar nela e rebrilhar.

Um beijo
Naeno

Erika disse...

ai, que coisa mais bonitinha o desenho!!!

amor é invenção dos olhos... olhando um coração.

adoro seu espaço, sabe.

beijos

Erika disse...

vc não merece ruindade..

bjoks

Tathiana disse...

Covardia... Só pq tô em clima roântico tb... rs. Beijos.

Mel disse...

Linda mensagem! Assim como lindo foi o comentário que deixaste no Casuale! Obrigada pelo carinho e delicadeza!

Girassol disse...

Como a maioria das mulheres deve pensar quando entra aqui: "foi um genro assim que a minha mãe pediu a Deus"... =)

Já alguém o disse, mas sou obrigada a reforçar a ideia de que este é, dos blogs que frequento, um dos mais "sensíveis" (não sei se será a palavra ideal)!

Claro que isso não me espanta, pois tenho o privilégio de te conhecer para lá das palavras...
...és o menino "interesseiro", com medo das transparências, mas profundamente verdadeiro e intenso (especialmente aqui).

Beijos.

Manuella disse...

ah perfeito...
bonitos pensamentos...
obrigada pela visita ^^
bjs

""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""